Notícias da Web

ENTREVISTA COM YVES RIBEIRO: “O clamor do povo de Paulista foi muito forte”
Yves Ribeiro durante a entrevista ao GR

 

 

Com 25 anos de experiência como prefeito de três municípios, Itapissuma, Igarassu e Paulista, Yves Ribeiro parte para mais um desafio na sua carreira política: tentar voltar a governar Paulista. No último dia 30 de setembro, ele concedeu entrevista para anunciar a transferência do seu título de eleitor de Igarassu para Paulista. Em seguida, foi para um encontro com correligionários no centro da cidade, num evento que contou com a presença do vice-governador Raul Henry e do vice-presidente da Assembleia Legislativa Guilherme Uchôa Júnior.

 

Por que Paulista?

 

Recebi convite para me candidatar por outros municípios, mas o clamor do povo de Paulista foi muito forte. O município passa por momentos difíceis. Os problemas que a cidade enfrenta hoje não fui eu que causei. Deixamos a gestão saneada financeiramente. O que nós fizemos foi consertar os erros de gestões anteriores, que colocaram Paulista na estagnação.

 

Sobre o empréstimo de 70 milhões

 

C­onsidero esse empréstimo uma irresponsabilidade. Se ele for mesmo contraído vai inviabilizar a cidade por muitos anos. Soube que os vereadores que votaram contra essa dívida vão entrar na Justiça para barrá-la.

 

Sobre voltar a governar Paulista

 

Em todas as gestões que governei nunca enfrentei greve de funcionários. Todas as minhas contas foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado. Voltar a governar Paulista é mais um grande desafio a ser enfrentado. Estou mais preparado do que antes após passar por três municípios, totalizando mais de vinte anos como prefeito, sempre bem avaliado pela população. A receita para isto é ouvir o povo, trabalhar com transparência e gastar menos do que arrecada.

 

Planos para Paulista

 

Vamos investir pesado em educação, no combate às drogas, cuidar das pessoas idosas e das crianças especiais. Conheço de perto o que é ter um filho ou filha especial. Vamos colocar pessoas qualificadas para nos ajudar a governar a cidade.


COLUNAS


OPINIÃO