Notícias da Web

Eudes Pereira

 

Julho de 2018

 

Cadê as pesquisas?

 

Em eleições passadas, nessa época, as redes de televisão já estavam divulgando pesquisa para presidente a cada quinze dias. Neste pleito, até agora, nenhuma pesquisa foi divulgada. Estão esperando a definição da inelegibilidade de Lula. Interessa à grande mídia ter que divulgar Lula na dianteira e beneficiar o candidato que o partido venha a indicar?

 

Marília candidata

 

A chance de Marília Arraes (PT) ser candidata a governadora de Pernambuco aumenta cada vez mais. Pontuando bem nas pesquisas, ela está abrindo caminho na esfera nacional do partido, que não vê outra alternativa a não ser lançá-la. A se confirmar sua candidatura, Paulo Câmara (PSB) e Armando Monteiro terão uma dura adversária na caminhada pela reeleição.

 

Todos juntos

 

Deputados federais e senadores querem aumentar o teto constitucional de R$ 33,7 mil para 38 mil. O pior é que contam com a anuência dos ministros do Supremo, que também querem aumentar o valor da boquinha.

 

Herdando as bases

 

Com a morte do pai, Guilherme Uchôa Júnior trocou a candidatura a deputado federal pela de deputado estadual, herdando as bases do genitor.

 

Bolsonaro não vai a debates

 

Jair Bolsonaro decidiu que não irá aos debates entre presidenciáveis. A tática é a mesma dos candidatos que lideram as pesquisas: medo de expor as fragilidades e começar a despencar na aceitação popular.

 

Centrão

 

Geraldo Alkmin (PSDB) deu um importante passo para se consolidar como o candidato de centro, tão almejado por lideranças empresariais e políticas do país. Ele conseguiu atrair para seu palanque os partidos DEM, PP, PR, SD e PRB, aumentando consideravelmente o tempo no guia eleitoral. Ciro Gomes (PDT), Álvaro Dias (Podemos), Marina Silva (Rede) e Henrique Meireles (MDB) terão tempo muito menor para mostrar suas propostas.


COLUNAS


OPINIÃO