Notícias da Web

NOSSO PLANETA - GENILSE GONÇALVES

 

Abril de 2018

 

Animais de estimação

 

 Animais são seres vivos pertencentes ao mesmo reino na Natureza, o reino animal-Animalia. O reino animal-Animalia é definido segundo características comuns a todos os animais, constitui-se de organismos eucariontes, multicelulares, heterotróficos, que obtêm seu alimento por ingestão de nutrientes do meio, ou seja, dependem de outro ser vivo para alimentarem-se, assim como eu e você. De uma forma mais ampla dividimos os animais em selvagens e domésticos. Animais domésticos são aqueles que vivem ou são criados em casa, e que sofreram um processo contínuo e sistemático de domesticação. Exemplos: cavalos, cães, gatos, galinha, pato, dentre outros. Animais selvagens são aqueles nativos de vida livre que vivem toda ou parte dela no país de origem ou em suas águas. Exemplos: sagui, onça, morcego, tamanduá, papagaio, arara, canário-da-terra, jabuti, jibóia, jacaré-de-papo-amarelo e outros. Chamamos animais de estimação aqueles que queremos por perto de nossa convivência familiar, geralmente tratamos como membro da família. Porém vale ressaltar que são animais irracionais, ou seja, não tem o uso da razão, do raciocínio do discernimento, diferente dos seres humanos. É importante conhecer seus hábitos costumes e respeitar seus espaços e características animal, ou seja, irracional. Todo animal precisa de cuidados, tais como alimentação saudável, água, cuidados com a saúde, carinho e proteção. Mas é preciso ter a posse responsável, animal não é brinquedo é um ser vivo, também sofre, é afetivo e quem cuida é responsável por este. O profissional apto a cuidar da saúde do animal é o médico veterinário. Hoje já é possível por meio das redes sociais encontrar serviços públicos, privados e ONGs que cuidam da vida de animais ditos de estimação.


COLUNAS


OPINIÃO