Notícias da Web

EUDES PEREIRA

 

Janeiro de 2018

 

Yves Ribeiro

 

O ex-prefeito de Itapissuma, Igarassu e Paulista Yves Ribeiro vai mesmo apoiar Guilherme Uchôa para deputado estadual e Uchôa Júnior para federal. No passado eles eram adversários, mas as circunstâncias se encarregaram de aproximá-los. Quando Yves foi candidato a prefeito de Igarassu em 2016, recebeu o apoio de Uchôa.

 

Adversário

 

O adversário do momento do PT é Jair Bolsonaro (PSL). Diariamente o candidato da direita é bombardeado com denúncias e ataque às suas posições políticas. Enquanto não despontar um candidato de centro (Alkmin?), a tática do PT é polarizar com o candidato conservador.

 

Pacto para ferrar o trabalhador

 

Michel Temer está oferecendo R$ 10 bilhões através de emendas parlamentares para serem divididos entre os deputados que votarem a favor da reforma da Previdência. Pode até ser legal, mas é imoral.

 

Privilégios adquiridos

 

Bolsonaro possui imóvel em Brasília e recorre ao auxílio moradia da Câmara, o que é uma imoralidade. Em Brasília há outras aberrações semelhantes a essa. Deputados residentes no Distrito Federal, por exemplo, têm direito a passagens aéreas, mesmo se deslocando para o trabalho de automóvel.

 

Isto é grave

 

Gilberto Mendes foi reconhecido numa rua de Lisboa e teve que ouvir desaforos de uma brasileira que por lá transitava. Quando um ministro do Supremo Tribunal Federal não consegue andar em paz nas ruas de uma cidade do exterior, é porque algo de muito grave está acontecendo com a justiça no Brasil.

 

Eleições 2018 – Fique ligado

 

A data de 9 de maio é o último dia para o eleitor que pretende votar requerer o título, alterar seus dados cadastrais ou fazer a transferência do domicílio eleitoral. Também é o prazo final para o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida solicitar sua transferência para seção com acessibilidade e, ainda, para que presos provisórios e adolescentes internados possam regularizar a situação eleitoral a fim de votarem nas Eleições de 2018.

 

O fator Marília Arraes

Num momento de indefinições do partido, o PT lançou prematuramente o nome de Marília Arraes para governadora. Ela aproveitou para viajar pelo estado, fazendo articulações. Agora, diante de uma possível aliança com o PSB de Paulo Câmara, não sabe bem o que fazer com ela, que está brigada com os socialistas. Ver Marília no palanque do PSB seria, hoje, improvável. 

 

Melhor não prometer

No primeiro ano de mandato, os prefeitos de todas as capitais do Brasil cumpriram 18% das promessas que fizeram durante a campanha eleitoral de 2016. É o que mostra levantamento do G1 considerando 1.040 compromissos assumidos pelos então candidatos antes de serem eleitos. Foi muito pouco. 

 

Decisão antecipada

 

O julgamento do ex-presidente Lula no próximo dia 24 deve decidir a eleição presidencial de outubro. Caso seja condenado e fique de fora do pleito, a corrida para presidente fica completamente embolada, pois os votos do petistas devem migrar para várias candidaturas. Se for candidato, Lula tem grande chance de levar o pleito, como mostram as pesquisas. No PT, dois nomes são ventilado para substituir Lula: o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad e a ex-presidente Dilma Rousseff, mas ambos estão a anos-luz do ex-presidente.


COLUNAS


OPINIÃO