Notícias da Web

GR NAS RUAS
ITAMARACÁ - Uma ação da Agencia Estadual de Meio Ambiente(CPRH) resultou no fechamento de três rinhas de galo na Ilha de Itamaracá. O proprietário do local recebeu um infração com multa no valor de R$ 7,2 mil e vai responder criminalmente. As atividades de promoção das brigas de galo é um crime ambiental previsto em lei, e as pessoas podem denunciar essa pratica as autoridades competentes.

IGARASSU

A Cidade de Igarassu possui atualmente mais de 110 mil habitantes, um enorme território com diversas barragens de captação de água dos rios, que daria para atender a demanda local. Entretanto a população enfrenta problemas no abastecimento.

Em vários bairros da cidade tem reclamação da falta de água nas torneiras por mais de 72 horas, e a Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA) não emiti nenhum comunicado prévio de algum problema no abastecimento, e muita gente termina sendo pega de surpresa.

A falta de água vem causando milhares de transtornos na cidade, mas no final do mês a conta de cobrança chega nas residências, por onde anda nossas autoridades políticas?

 

PAULISTA

 

Uma cratera situada na Avenida Brasil, Maranguape I, de grande movimento de  automóveis, vem causando sérios transtornos aos motoristas e aos moradores, que não aguentam o mau cheiro de esgoto.

De acordo com Severino Barbosa, que passa pelo local diariamente, há mais de um ano que o problema existe. “Tem um cano com uma foça que vem de casas das redondezas que está com vazamento, causando toda essa fedentina”, diz.

Já a aposentada Eliane Santos, que mora em frente ao buraco, diz que não aguenta o mau cheiro e os carros, que jogam água de esgoto na calçada. “Nossa situação é de completo abandono por parte do poder público”, revolta-se.

Os moradores, assim como os motoristas, pedem providências à Prefeitura do Paulista. Segundo eles, não dá para continuar do jeito que está.

 

ABREU E LIMA

Moradores andam revoltados com esgoto a céu aberto em plena via pública a cerca de 05 meses. Isso vem ocorrendo próximo ao conjunto residencial Josefa do Carmo no bairro da Matinha. Quem passa pelo local não suporta o mal cheiro.


COLUNAS


OPINIÃO