Notícias da Web

Uma escola que promove o amor e a partilha

Ser uma “Escola que é Vida”, promovendo a fraternidade. Eis a proposta da Escola Santa Maria, localizada no Mariápolis Santa Maria, BR 101, no loteamento Ana Albuquerque, em Igarassu. Com mais de 50 anos de história, a escola promove educação para alunos do infantil ao 9º ano, visando à formação integral dos alunos e funcionários com uma proposta que estimula a paz e o diálogo.

“O grande diferencial da Escola Santa Maria é a sua filosofia embasada na Espiritualidade da Unidade, e tendo como base a Arte de Amar e a Cultura da Partilha, vivenciando no seu dia a dia a regra de ouro: fazer ao outro o que gostaria que fosse feito a si mesmo”.  Os próprios alunos comentam das mudanças que acontecem a partir da prática de pequenos gestos, inclusive com a utilização do dado da Arte da Amar que eles jogam todos os dias de aula e os estimula a exercitar essa arte a cada face do jogo. Além disso, temos a prática do Time Out, uma oração pela paz construída pelos alunos, diariamente”, destacou Paula Borba, assistente social da instituição.

Outra marca da instituição é a parceria com a família. “Nós entendemos que os alunos só irão se desenvolver se existir essa unidade. Existe um estímulo para que o trabalho que é feito na escola seja continuado dentro de casa”, destacou Paula.

A Orquestra Talentos a Serviço da Paz está inserida no projeto de formação integral da Escola Santa Maria. Indo além da educação básica, proporciona um ensinamento muito além dos livros, dando aos alunos um verdadeiro projeto de vida. E é exatamente isso que percebemos em alguns testemunhos dos estudantes.
É bom, porque quando nós tocamos, as pessoas que vão nos assistir ficam felizes e nós também porque levamos alegria para os outros.

A atividade musical nasceu em 2005, contando com instrumentos doados e aulas ministradas no salão da Escola Santa Maria ou debaixo das árvores e com pouco tempo resultou na formação da Orquestra Talentos a Serviço da Paz. Foi um trabalho pioneiro em Igarassu que incentivou a formação de grupos musicais similares em outras instituições.

O grupo já realizou inúmeras apresentações, para públicos diversificados, em Igarassu, Recife e cidades de Pernambuco, mas também de outros estados, tendo sido recebida sempre com muito carinho e apreço pela sua qualidade e repertório variado.

Em 2008 a Orquestra gravou seu primeiro CD com músicas regionais, sob a regência do maestro Abraão Davi. Em agosto de 2013 foi a vez do segundo CD com 12 faixas de repertório junino.

 

A mensagem de paz configura a linha de frente deste grupo que objetiva criar uma nova cultura, levando alegria e esperança a seus integrantes e ao público presente nas apresentações da Orquestra Talentos a Serviço da Paz.



COLUNAS


OPINIÃO