Notícias da Web

ZÉ AMÉRICO

AGOSTO DE 2017

 

Coisas da Política...

 

Para muitos políticos 2018 já chegou. Eles estão de olho nas eleições que irão acontecer em outubro, para eleger presidente, governador, deputado e senador. Esse fato tem atormentado o presidente Michel Temer, pois todos acordos políticos, e olhe que ele tem fechado muitos, estão focados em 2018, deixando o presidente na mão do Congresso.

Enquanto isso, prefeitos estão esperando receber emendas parlamentares, frutos daqueles “acordos”. Eles vão também pedir votos ao lado de seus deputados. Nesse pede-pede eleitoral, existe o prefeito guia turístico, que tem como finalidade mostrar ao ilustre candidato, que aparece apenas em ano eleitoral, bairros, ruas e becos de sua cidade.

Quem ilustrou bem essa prática política, que é empregada em todo país, foi o deputado Guilherme Uchoa (PDT), durante recente evento em Araçoiaba.  Nesse dia, ele aproveitou também para dizer que cansou de apostar em candidatos infiéis, por isso, para deputado federal irá apoiar seu filho, Júnior. “Nesse eu confio”, disparou Guilherme.

 

E por falar em eleição...

 

Durante campanha eleitoral em Igarassu, o grupo de oposição – MDB apresentou três candidatos e apenas um vice.  O fato único aconteceu em 1976, quando a cidade ainda contava com Araçoiaba e Itapissuma, em seus domínios. Nesse período apenas dois partidos Arena e MDB, brigavam pelo voto do povo. O escolhido dessa candidatura inusitada, foi Lauro Bento, representante de tradicional família de Itapissuma.

Como cabeça de chapa, o MDB apresentou: Flamarion Vilarin, ex-vereador e líder evangélico; Jojó, que representava, com sua popularidade, os votos de Cruz de Rebouças e Fernando Leandro, funcionário da Usina São José. Geralmente, a sigla ficava com 40% dos votos.

Nessa briga quem levou a melhor foi Paulo Guerra, que elegeu Clóvis Lacerda Leite e Guilherme Jorge Paes Barretto – pela Arena 1. E Agostinho Nunes Machado, prefeito da época, tentou emplacar Aldo de Sena Acioli e Ricardo Ramos – Arena 2, como seus sucessores. Na época, Paulo Guerra era considerado o cacique da região. Eu participava ativamente das campanhas, construindo chapas ou fazendo jingles. Em recente conversa com Flamarion, que é casado com minha prima Maria Izabel (Béba), descobri essa.

 

Valorize seu voto agora

É chegada a vez

Mandando ir embora

Quem prometeu e não fez

 

Vote para mudar

Mostre que o voto é bom

Vote para ganhar

Flamarion, Flamarion, Flamarion

Flamarion, Flamarion, Flamarion

 

Valorize seu voto agora,

Com amor a terra

Mandando ir embora

Aquele que já era

 

Vote para mudar

Mostre que o voto é bom

Vote para ganhar

Flamarion, Flamarion, Flamarion

 

Flamarion, Flamarion, Flamarion


COLUNAS


OPINIÃO