Notícias da Web

CALDEIRÃO - CHICO CARLOS

Agosto de 2017

 

Temer quer servidores públicos sem reajuste até 2019

 

Depois da ampliação do rombo fiscal, o governo Temer agora quer economizar congelando os salários dos servidores públicos do Executivo federal até 2019, exceto os militares. Outra medida cogitada é a definição de um teto de R$ 5.000 para os rendimentos dos novos concursados com níveis médio e superior. As medidas dependem de aprovação do Congresso Nacional.  Segundo a coordenadora geral do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no estado de Pernambuco SINDSEP-PE , Graça Oliveira, as medidas anunciadas pelo ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo de Oliveira, na última terça-feira (15) caíram como "uma bomba" entre os servidores. A sindicalista listou uma série de cortes em programas sociais como o Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida para dizer que o governo Temer representa um modelo de "Estado-mercado".  "Não é um Estado inclusivo, que olhe para os direitos sociais, é um Estado mínimo", diz ela

 

Relatora no STF vota a favor da proibição do amianto

 

A ministra Rosa Weber, relatora no Supremo Tribunal Federal (STF) de ação que questiona a liberação de uma variedade do amianto no Brasil, votou pela procedência do pedido e considerou inconstitucional item da Lei 9.055 que permite extração, industrialização e comercialização do amianto crisotila, também chamado de asbesto branco. O voto representa uma vitória para as entidades favoráveis ao banimento, sem exceções, do produto. Depois de quatro horas de sessão na tarde de 17/08, o julgamento foi novamente interrompido e será retomado na próxima quarta-feira (22). Está em discussão um artigo da Lei federal 9.055, de 1995. A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4.066 foi ajuizada em 2008 pela Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT). 

 

CNH eletrônica é aprovada

 

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou em 25 de julho passado a proposta da Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica, a CNH-e. Segundo Ministério das Cidades, a CNH estará disponível através de um aplicativo para smartphones e começa a valer a partir de fevereiro do ano que vem. A versão eletrônica da CNH terá o mesmo valor jurídico da versão impressa e poderá ser apresentada sempre que sua carteira de habilitação for requisitada. Para garantir a segurança e autenticidade do documento, a CNH-e fará uso de criptografia, certificados digitais, além do uso de QR Code, que é aquele código de barras quadradinho que vemos por aí. O sistema ainda vai permitir o bloqueio remoto da carteira eletrônica para o caso de perda do celular.

 

 NA BOCA DO POVO

 

Moradores das ruas Fernandes Vieira e Oswaldo Cruz, bairro da Boa Vista/Recife, denunciam que a praça em frente ao Teatro Valdemar de Oliveira tem uso “liberado” para drogas a qualquer hora do dia ou da noite. Que situação é essa?

 

Moradores da Terceira e Quarta Etapas de Rio Doce/Olinda denunciam que falta água há uma semana na localidade. No entanto, para os lava-jatos clandestinos, a água chega sem problemas algum. E pode?

 

Moradores da Rua Comendador Figueiroa, no bairro do Janga, cobram providências da Prefeitura da Paulista, para a limpeza das canaletas. Basta chover para deixar a via pública completamente alagada e intransitável

 

E taxa de cobrança do Corpo de Bombeiros é legal ou ilegal? Com a palavra a Secretaria da Fazenda do Governo do Estado.

 

 

INDICAÇÕES DO MÊS

 

Filme/Cinema: João, o Maestro

Livro: Outros Jeitos de Usar a Boca/Kaur, Rupi

Série/ Netflix: Sobrevivendo a Escobar

 

Blu-Ray – O dono do jogo


COLUNAS


OPINIÃO