Notícias da Web

Paulo Câmara comemora mais um investimento no estado
Júnior Matuto, Paulo Câmara e Eduardo Bettanin lançam a pedra fundamental da empresa 

Na contramão dos entraves econômicos que o País enfrenta, Pernambuco tem atraído novos investimentos. Uma mostra desse esforço foi concretizada na manhã do dia 13, em Paulista, com o lançamento da pedra fundamental do complexo industrial do Grupo InBetta.  Considerado como o maior projeto já aprovado pela empresa gaúcha, o empreendimento irá gerar mais de 300 empregos diretos e outros 1,2 mil indiretos, dando prioridade à mão de obra local. A previsão é de que a fábrica comece a operar já em dezembro deste ano.

Presente na cerimônia, o governador Paulo Câmara destacou que a parceria com a InBetta é resultado de muito trabalho, frisando que o Estado tem potencial para chegar ainda mais longe nos ramos de negócios do Grupo. “Eu tive a oportunidade de visitar a empresa, lá no Rio Grande do Sul, e pude conhecer o profissionalismo e a qualidade do trabalho que eles realizam. O grupo já conhece e confia na nossa forma de trabalhar e, por isso, vai fazer de Pernambuco o seu grande polo de distribuição para todo Norte e Nordeste. E nós podemos garantir que, daqui a alguns anos, Pernambuco será a grande âncora do Grupo InBetta no Brasil”, disse.

Com investimentos de R$ 100 milhões, financiados pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB), a nova indústria dará início ao recrutamento dos funcionários em julho próximo. Quando concluída, a unidade irá produzir bens de consumo, higiene, material de limpeza doméstica e industrial, ferramentas e utensílios, produtos que serão distribuídos para todo o Nordeste. A primeira etapa da unidade vai ocupar uma área de 33 mil m², localizada às margens da PE-22, em Maranguape 2.

O presidente do Grupo InBetta, Eduardo Bettanin, garantiu que Pernambuco foi, sem dúvidas, a melhor escolha entre todos os Estados avaliados para a instalação da fábrica. “Fico muito feliz em dizer que, entre as nossas opções, Pernambuco se mostrou ser a mais adequada. E foi esse sentimento positivo de confiança que tornou possível acreditar que investir agora não seria arriscado demais”, pontuou. Essa será a primeira planta industrial da InBetta fora do Rio Grande do Sul.

O prefeito Junior Matuto confessou sua satisfação e orgulho diante do que, para ele, simboliza a esperança de mais desenvolvimento social e econômico para o município. “Em um acordo feito com a empresa, nós garantimos que o quadro de funcionários desse prioridade ao nosso povo, e isso já é motivo de comemoração para todos nós. Em um momento que a crise vem se instalando no Brasil, o nosso município mostra que está no caminho contrário, gerando mais emprego e renda para a população”, registrou. 


COLUNAS


OPINIÃO