Notícias da Web

EUDES PEREIRA

JANEIRO DE 2016

 

MP da Vergonha

A medida provisória que neutralizou os rigores da Lei Anticorrupção, assinada por Dilma enquanto o País se distraía com as festas de fim de ano, segundo ministros do Tribunal de Contas da União (TCU), é parte da estratégia do Planalto de impedir o acesso de auditores da Corte ao passo-a-passo dos indecorosos “acordos de leniência”, e preservar o negócio dos controladores das empresas que roubaram a Petrobras. Acordos de leniência autorizam o governo a contratar as empresas da gatunagem à Petrobras, o que era vedado pela Lei Anticorrupção. A MP da Vergonha, assim batizada no TCU, retarda indefinidamente a conclusão dos acordos e autoriza o governo a contratar as empresas. Além de isolar o TCU, a MP de Dilma também objetiva manter o Ministério Público Federal distante dos “acordos de leniência”. O TCU fiscalizava acordos de leniência desde as tratativas. Com a MP da Vergonha, só tomará conhecimento após a CGU.

 

Pior será 1

Da série o que é ruim pode piorar. O deputado federal Heráclito Fortes (PSB-PI) apresentou projeto que torna os ventos patrimônio da União. O Objetivo? Arrecadar mais dinheiro para o governo.

 

Pior será 2

Já o pernambucano Sílvio Costa (PTB) propõe o emplacamento e licenciamento de bicicletas. O objetivo? Meter a mão no bolso do brasileiro. Tipos inúteis assim deveriam ser banidos da política. Mas o povo...

 

Agenda 40 em Abreu e Lima

O prefeito de Abreu e Lima, Marcos José, reuniu-se com sua base política para acertar os detalhes do lançamento da Agenda 40 no município. Trata-se de encontros nas comunidades onde o chefe do Executivo faz uma prestação de contas do mandato e colhe informações para o futuro programa de governo.

 

Rede da Sustentabilidade

O porta-voz da Rede da Sustentabilidade em Igarassu, Gilmar Gonçalves, estampou sua imagem e a da presidente nacional do partido Marina Silva em outdoors espalhados pela cidade. O partido deverá ter candidatura própria a prefeito da cidade.

 

Por falar em Marina...

Pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas apontou Marina Silva e o ex-presidente do Supremo Joaquim Barbosa como os principais cabos eleitorais do Brasil. Os piores são Dilma Rousseff e Lula. O eleitor verá poucos candidatos a prefeito e vereador ao lado destes dois últimos.

 

Só no Brasil

 

Criado há quatro meses, o Partido da Mulher Brasileira (PMB) tem 21 deputados, dos quais 19 são homens. 


COLUNAS


OPINIÃO