Notícias da Web

Eduardo escolhe seus candidatos
Chapa da situação terá Paulo Câmara (governador), Raul Henry (vice-governador) e Fernando Bezerra (senador)

Os escolhidos de Eduardo

O mistério enfim acabou. O governador Eduardo Campos anuncia neste dia 24 os candidatos da chapa majoritária da situação. Para o seu lugar, ele indicou o secretário da Fazenda, Paulo Câmara (PSB). O companheiro de chapa deverá ser o deputado federal Raul Henry (PMDB). A única vaga para o Senado deverá ser disputada pelo ex-ministro Fernando Bezerra Coelho (PSB).

 

O divulgação do nome dos pré-candidatos deveria ser feito em março, logo após o carnaval, mas os sinais de ansiedade e insatisfação na base de sustentação do governador acabaram antecipando o anúncio. Campos vinha costurando a chapa majoritária desde o ano passado. Cinco nomes estavam na disputa: o vice-governador João Lyra, o secretário da Casa Civil Tadeu Alencar, o ex-deputado Maurício Rands, o secretário de Cidades Danilo Cabral, Fernando Bezerra e o próprio Paulo Câmara. Segundo fontes palacianas, a escolha de Câmara se deveu por conta do seu perfil mais técnico e menos político. O objetivo é repetir em nível estadual o que foi feito na eleição de prefeito do Recife, quando Eduardo conseguiu emplacar o técnico Geraldo Julio na cabeça da chapa vitoriosa.

O principal adversário de Câmara deverá ser o senador Armando Monteiro (PTB), que espera contar com o apoio do PT, repetindo a aliança em nível nacional. Mas setores do partido da presidente Dilma preferem lançar candidatura própria, com dois nomes na disputa: o deputado federal João Paulo e o presidente do partido em Recife, Oscar Barreto.

 

Agora caberá ao governador unir a sua base de sustentação, que sofreu arranhão devido à indefinição quanto aos futuros candidatos.


COLUNAS


OPINIÃO